terça-feira, 10 de abril de 2018

Varginha está no Oscar da divulgação científica

 FameLab: uma competição emocionante e divertida presente em mais de 30 países.

O FameLab é o maior evento de divulgação científica do mundo, de acordo com o British Council, responsável pela sua organização em mais de 30 países. Ele reúne pesquisadores que enfrentam um dos maiores desafios de sua carreira: despertar o entusiasmo do grande público pela Ciência.

Os participantes têm apenas 3 minutos para encantar a plateia e os jurados explicando um tema científico de forma simples, clara e precisa, sem usar nenhum tipo de recurso eletrônico durante a apresentação.

A iniciativa nasceu em 2005, no Festival de Ciência de Cheltenham, no Reino Unido, com o objetivo de aproximar a comunidade científica da sociedade em geral e incentivar novos talentos a compartilhar seu conhecimento. Desde então, mais de 9 mil pesquisadores, dos cinco continentes, já participaram do FameLab.

Em 23 de abril o Prof. Dr. Hélio Lemes, que foi selecionado para o grupo de 30 brasileiros que estarão na semifinal, passa por um treinamento com a Dra. Emily Grossman em um workshop chamado Master Class, realizado no auditório do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, preparando-se para a etapa final, que seleciona dez apresentações através dos seguintes critérios: conteúdo, clareza e carisma.

A grande final é no dia 27 de abril, quando os dez finalistas se apresentarão ao vivo para um comitê avaliador, composto por cientistas, jornalistas, escritores e personalidades públicas e o grande vencedor representará o Brasil no FameLab Internacional, em junho, na Inglaterra.

Com a realização do British Council em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações por intermédio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, MCTIC/CNPq, a Confap/FAPs participantes, a Fapesp e o Museu do Amanhã, esta é a terceira edição do FameLab no Brasil.

O Prof. Dr. Hélio Lemes enviou um vídeo onde fala sobre Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina. Dois conceitos que tornam-se cada vez mais presentes em nossas vidas, mesmo tendo sido criados há quase 70 anos.

Haverá também uma votação para o candidato favorito do público. Vamos acompanhar e torcer.

Veja o vídeo enviado pelo professor para o concurso FameLab Brasil e foi selecionado entre os 30 semifinalistas:

Visite o site do Famelab para obter informações completas sobre o regulamento e as edições anteriores do FameLab.

Faça sua inscrição gratuita para assistir a grande final, no dia 27 de abril no Museu do Amanhã no Rio de Janeiro.

sábado, 17 de março de 2018

Palestra na Faculdade Cenecista de Varginha

O Prof, Hélio Lemes foi convidado pelo coordenador do curso de Sistemas de Informação, Paulo Roberto Moreira Mendes e de Engenharia de Produção, Acácio Ponciano, da Faceca pra proferir uma palestra para todos os alunos de ambos os cursos.

O objetivo era falar sobre inovação e empreendedorismo para que os alunos possam perceber as oportunidades que surgem com o avanço das tecnologias associadas ao conceito de cidades inteligentes.

Estiveram presentes cerca de 100 alunos e a palestra teve duração de quase 2 horas. Feliz com a casa cheia!








domingo, 11 de março de 2018

Professor Hélio está participando do FameLab Brasil

Lançado em 2005 pelo Festival de Ciência de Cheltenham, no Reino Unido, o FameLab tem como objetivos promover a aproximação entre cientistas e público em geral e incentivar o desenvolvimento de competências de comunicação entre pesquisadores.

Com a realização do British Council em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações por intermédio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, MCTIC/CNPq, a Confap/FAPs participantes, a Fapesp e o Museu do Amanhã, esta é a terceira edição do FameLab no Brasil e a primeira em que não bolsistas podem se inscrever.

Cada participante deste concurso envia um vídeo em português e inglês, com duração máxima de 3 minutos cada, explicando um conceito científico ou tecnológico em uma linguagem acessível para a sociedade em geral.

O Prof. Dr. Hélio Lemes enviou um vídeo onde fala sobre Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina. Dois conceitos que se tornam cada vez mais presentes em nossas vidas, mesmo tendo sido criados há quase 70 anos.

Veja abaixo o vídeo enviado para o concurso FameLab Brasil e visite o site para obter informações completas sobre o regulamento e as edições anteriores do FameLab.


Entrevista sobre o Dia do Telefone

No dia 10 de março comemora-se o dia do telefone. Esta ferramenta de comunicação que revolucionou o mundo e se tornou o principal suporte para a revolução da informação, pela qual estamos passando no momento.
Assista à matéria da TV Princesa, que contém uma entrevista com o Prof. Hélio Lemes.

sábado, 3 de março de 2018

Projeto da Unifal recebe apoio da Rede InovaGov


No final de fevereiro aconteceu na ENAP em Brasília o evento No Balanço da Rede, promovido pela Rede InovaGov de inovação no setor público, com o objetivo de planejar as ações da rede para 2018. 

Edwin Lau da OCDE falou sobre pesquisas sobre inovação realizadas pelo órgão no Brasil e em outros países como Chile e Canadá e sobre as ações do Observatório de Inovação no Setor Público, do qual ele é membro.

Também foi discutido e elaborado um documento que apresenta à sociedade o propósito da rede InovaGov e foi redigido pelo grupo um documento contendo o manifesto da rede, que será publicado em breve.

Durante o evento o Prof. Dr, Hélio Lemes, da Unifal, campus Varginha, apresentou o projeto Imersão para Mobilização, proposto no âmbito do Laboratório de Políticas Públicas para Cidades mais Inteligentes, para que seja apoiado pela rede para sua implantação em 2018.

Dentre os 23 projetos apresentados, o projeto da Unifal ficou em 2° lugar na votação entre os membros da rede e será apoiado pela InovaGov e pelo Ministério do Planejamento, que é um dos stakeholders da rede (saiba mais sobre o projeto neste post do blog).

Desde 2015 a rede já disponibilizou um blog sobre a rede, o guia “Design Thinking Toolkit para Governo”, financiado pelo TCU, o livro “Inovação no Setor Público: teoria, tendências e casos no Brasil”, editado pelo IPEA e ENAP, além dos eventos de capacitação (como a Semana de Inovação).

Assista abaixo o pitch de 5 minutos do projeto Mobiliza RV, apresentado no Balanço da Rede na Escola Nacional de Administração Pública.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Imersão para Mobilização


Muitas pessoas nunca tiveram contato com a dura realidade de quem precisa de políticas públicas de suporte, como única oportunidade de recuperação, de aprimoramento, ou mesmo de sobrevivência.

As tecnologias de filmagens em 360º e de visualização em realidade virtual têm a capacidade de levar essas pessoas á uma imersão quase que total em realidades às quais elas nunca tiveram acesso presencialmente.

O projeto Imersão para Mobilização (Mobiliza RV) prevê a capacitação de organizações para trabalhar com essas novas tecnologias para promover a empatia. Para que o cidadão, que está distante da complexa realidade dos necessitados, possa ver com um nível mais próximo da realidade, como é a vida dessas pessoas e as dificuldades pelas quais elas passam.


A iniciativa visa sensibilizar as pessoas, de uma maneira que elas nunca foram tocadas, pois ainda não tiveram contato físico e real com aquela realidade, fazendo com que tomem consciência de suas dores e que, assim, engajem na criação de políticas públicas que resolvam os problemas vistos em suas experiências virtuais.

Diversos projetos de criação de políticas públicas carecem do apoio da população, pois, na maioria das vezes, quem deve aprová-los, nunca esteve na situação do usuário de tais políticas. Alguns exemplos estão nas pessoas que nunca estiveram um posto de saúde municipal, em um lixão, nunca precisaram dos serviços funerários municipais, etc.

Pessoas que conhecem o problema, de uma perspectiva mais próxima, terão uma tendência a apoiar as iniciativas para resolver o problema. Esta é a premissa para a criação deste projeto, proposto pelo Prof. Dr. Hélio Lemes, do Laboratório de Políticas Públicas para Cidades mais Inteligentes da Unifal-MG.


O projeto prevê a elaboração de um curso para capacitar as pessoas a usarem as tecnologias de imersão, como as câmeras 360° e os óculos de realidade virtual, além de realizar concursos de temas, cujos vencedores ganham um kit com os equipamentos e o curso virtual para começarem a produzir conteúdo para imersão.

Atualmente a Unifal tem convênios com o Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações), a Unifei (Universidade Federal de Itajubá) e o CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica) para desenvolver soluções na área de tecnologia da informação e comunicação.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Unifal na Rede InovaGov

Prof. Hélio Lemes, líder do Grupo de Pesquisa de Políticas Públicas para Cidades mais Inteligentes, da Unifal-MG, inicia sua atuação como colaborador da rede InovaGov, que visa estimular a inovação para o setor público.

A rede InovaGov é composta por um conjunto de organizações e pessoas de diferentes setores da sociedade voltados ao estímulo da inovação no setor público no Brasil. Da rede, fazem parte:

Setor Público: Órgãos e instituições da administração pública direta e indireta de qualquer nível de governo, que contribuem com suas ideias, projetos, problemas, soluções, ou questões relevantes em seu dia-a-dia;

Setor Privado:  organizações com fins lucrativos que contribuem com ideias, experiências e conhecimentos. Podem tanto demandar como ofertar serviços e projetos, desenvolver soluções e financiar iniciativas de inovação e para o setor público;

Terceiro Setor: representação – direta, ou por meio de organizações não governamentais, associações ou organismos multilaterais – dos principais beneficiários de soluções inovadoras incorporadas aos serviços públicos. Colaboram tanto com a proposição de ideias, quanto com a identificação de necessidades, com a construção colaborativa de soluções, com o relato de experiências e com feedbacks dos resultados dos projetos de inovação;

Setor Acadêmico: instituições de ensino, pesquisa e extensão, públicos ou privados, bem como pesquisadores independentes, que trazem contribuições metodológicas, exemplos de casos de sucesso na aplicação de técnicas e proposição de ideia inovadoras e podem auxiliar na prototipação e na realização de pilotos de projetos.

Desde fevereiro de 2018 a Unifal-MG faz parte da rede InovaGov, representada pelo Prof. Hélio Lemes, que passa a colaborar com a rede através de discussões e publicações no blog, que mantém os membros da rede atualizados com as principais notícias sobre inovação no setor público.